botox vs preenchimento facial

Ambos vão lhe deixar mais jovem e bela, mas cada um tem uma finalidade e uma indicação. De maneira geral, o Botox age na musculatura e relaxa os músculos tratados, portanto ele age na causa do problema! O movimento facial, com o tempo vai deixando marcas e antes que elas se formem, podemos prevenir com Botox. Após sua formação, podemos tratar com inúmeras alternativas, dentre elas o ácido hialurônico injetável. Assim tratamos o problema. Então, o Botox previne e o ácido hialurônico trata (podendo também prevenir o aprofundamento de linhas finas). Nesse contexto, é interessante realizar os dois procedimentos, pois um complementa o outro, potencializando os resultados.

 

“Botox age na causa, enquanto o

Preenchimento Facial trata.”

 

 

Botox foi a primeira marca de toxina botulínica do tipo A produzida em larga escala para fins estéticos pelo laboratório Allergan. A toxina botulínica é uma molécula muito pequena que se liga nas membranas pré-sinápticas e bloqueia a liberação de acetilcolina pelo neurônio muscular. O que a acetilcolina faz? Ela é responsável por se ligar em receptores de membranas pós-sinápticas e gerar um impulso nervoso que resulta na contração da musculatura. Ou seja, é por causa dela que podemos expressar nossas emoções e realizar inúmeros movimentos corporais.

A nossa face possui uma harmonia entre os mais de 40 músculos que existem nela. Juntos eles agem para formar expressões faciais. Quando o Botox recém tinha entrado na vida dos injetores, realmente, os resultados eram mais artificiais. Hoje em dia, existem inúmeras técnicas de aplicação, e a tendência é preservar a naturalidade da face humana. Aplicado em doses corretas e sem exageros, o Botox vai rejuvenescer e prevenir o aprofundamento de rugas, como os pés de galinha, as rugas da testa e da glabela. Existem pontos que não são tão comuns, mas muito interessantes, como por exemplo, no pescoço para impedir o envelhecimento dessa região, assim como pontos para tratar bruxismo e sorriso gengival.

botox

A durabilidade da toxina é muito individual! Duas pessoas podem aplicar a mesma marca de toxina e terem resultados diferentes e tempo de duração completamente diferentes. Tudo influencia…Força de expressão, atividade física, exposição solar, rotina, medicamentos… Enfim, o tempo de duração varia de 3 a 6 meses e deve ser aplicado novamente com intervalo mínimo de 3 meses.

 

“O ácido hialurônico é uma substância produzida

naturalmente pelo organismo.”

 

Outra opção, muito útil para os injetores estéticos e para quem está querendo atrasar alguns aninhos a idade, é o ácido hialurônico. O ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo e está presente, principalmente, na pele. Como sua principal função é reter água para garantir hidratação e volume à pele, tem indicação para a remodelação de formas e contornos do rosto e lábios.

Podemos dar volume às áreas afetadas pelo processo de envelhecimento, como a região malar e o arco zigomático (maçãs do rosto), mento, mandíbula, abaixo dos olhos (olheiras profundas), o famoso “bigode  chinês” (sulco nasogeniano)…Ou, simplesmente, preencher sulcos e rugas estáticas, aquelas mais profundas e visíveis quando o rosto está em repouso. E, acreditem, é preciso bastante produto para ficarmos com um rosto artificial.

O produto é extremamente seguro quando aplicado da forma correta, com os cuidados adequados e por profissionais habilitados. A durabilidade vai variar de acordo com os cuidados e com a rotina da pessoa. Beber bastante água, evitar exposição a agentes tóxicos (medicamentos, tabaco, álcool), utilizar cosméticos de qualidade, realizar hidratações (como skinbooster, por exemplo) podem prolongar a vida útil do preenchedor.

A viscosidade do produto também influencia na durabilidade. Produtos mais viscosos são utilizados para sustentação de regiões como mento, mandíbula, malar e nariz e duram em torno de 12 à 18 meses. Produtos mais finos são utilizados para olheiras, lábios, rugas e sulcos e duram em torno de 6 à 12 meses.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *